quinta-feira, 31 de agosto de 2006

Poeira Cósmica














Todo homem
é uma pedra só.

Uns vêm de rocha;
outros de lapidar.


Todo homem é
uma pedra viva.
Jun
tam-se muros,
fazem suas casas.

No caminho são
pedras cheias dedos
enfeites e ritos -
ninguém me conduz.

De ser só no mundo,
à ação do tempo,
as ondas do mar
o que me desgastam.

A vida
me disfarça -
não sou feito por mãos
de nenhuma humanidade
de nehuma natureza.

E bem num ser pedra
meu mineral evolui
de modo diferente,
parte de outra solução:

não talho nenhum enfeite
nem batem as águas
em minhas encostas -
por nada sou modificado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...