domingo, 26 de agosto de 2007

O amor passado a limpo
















O amor chegou a um ponto
em que se faz um novo encontro -
se desfaz um encanto enfim
e se faz um novo canto.

O amor atravessou a ponte
sobre o rio daqui até aonde -
chega-se a ele a cada instante
e dele se torna-se parte distante.

O amor pegou seu pente
frente ao espelho e escovou os dentes
e foi cantar numa voz dizente de amar,
e foi se afogar no rio a procura de mar.

Com o tempo o desejo parecia acabar-se
mas voltou um eco da ponte,
e voltou uma onda do mar -
e o amor era ainda o mesmo
só que havia tomado banho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...