terça-feira, 9 de outubro de 2007

Um Momento de breve despedida entre amantes



Iremos seguindo uns caminhos de ordens humanas

onde os sonhos não passam e os homens se perdem
à sensação de conhecer suas forças nuns laivos
de amor adiado para a vida inteira e nunca mais...

Um pouco mais de tempo e cada estrada em rumo
sumimos em sentidos expostos nas terras de longe,
para onde vão as memórias e as invenções de poetas
que vêem a amada sob a estória das peles alheias.

Retornaremos mais amantes do que éramos, dizendo
de amores que lembram a arte dos homens à arte dos
anjos, arte de Deus com um abraço na carne e no pó.

Retornaremos menos ambíguos, mais sentidos nas
palavras de saber o que ter do amor, sábios em uns
canteiros, cada qual regando do outro a flor na boca.


Um comentário:

  1. claudia-infinitas poesias 2terça-feira, 09 outubro, 2007

    oii miguxo!!!
    adorei o post!
    passando p/ deixar um grande abraço e desejar-te uma ótima noite e uma quarta-feira maravilhosa!!!:)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...