domingo, 20 de abril de 2008

Passagem




Hoje foi um dia em que a música invadiu
a casa vazia.
Bateu um tambor, fez-se um compasso
descobriu-se o amor
de seus panos, fazendo-se nua
em todos os seus planos.

Hoje foi um dia em que a imagem tocou
a história da vida.
Quebraram-se os espelhos e se pôde
ver além
das faces ver-se também como é
que na verdade tudo passa.

Amanhã é um novo dia.
Juntará de tudo da memória
dos romances e
desapegos materiais
umas palavras, uma bolsa com roupas
alguns trocados e uma passagem
para um lugar onde não morrem
as crianças e seus sonhos imediatos.

Depois, juntos som e imagem,
eu faço um verso para a garota amada
para as festas noturnas e a descoberta do mundo.
Caminho para um lugar dentro
do espelho mágico, de onde vêm as vozes
que me dizem que sou mais bela do que Cinderela.

Lá, onde termina o dia, começa a eternidade.



Um comentário:

  1. gostei mto do seu texto, você tem talento.
    gostaria de entrar em contato com vc

    felipe_bocao_ojeda@hotmail.com

    meu blog: http://sanatoriodobok.blogspot.com/

    atenciosamente,


    flw

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...