sábado, 20 de junho de 2009

Humanoversalização



O verso não é inconstante
o universo não é distante.
O homem é dissonante ser
vário numa instância.


Muitos homens formam um
objeto chamado inconstelação;
outros chamam de inconstatação
sermos diversos no que é comum:

Esvai-se o brilho dos olhos
e morremos como estrelas.
Perde-se sangue e costelas,
ficam apenas os pensamentos.



3 comentários:

  1. muy bueno todo esto. un abrazo grande.

    ResponderExcluir
  2. Bastante sonoro, com intrigantes imagens, gostei muito.

    ResponderExcluir
  3. Que tal uma troca de links?
    Responda em http://escuteseusolhos.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...