quinta-feira, 10 de outubro de 2013

A Uruguaia
















                                                                                 (Para Anna)


Uruguaia, é este teu nome,
sem idade ou distância,
sem esquecimento do que és,
ilumina-me com tua convocação
a ser o astro de meus dias.

Uruguaia, claridade dos enigmas,
conta-me teu caminho
que eu te sigo e me diluo
nas veias abertas do céu
para unir-me a ti na evidência do que és:

bendita tua luz, com tuas pupilas,
bendito o que percorre teus olhos,
pois sofre a influência de teu corpo;

deita sobre mim teu sinais e repousa
tua pele no trânsito de nosso encontro,
teus órgãos no calor das matérias
e dos espíritos que se permeiam.

Eu só não grito teu nome, Uruguaia,
pois que és luz no universo, nele
não há grandes alardes, só há silêncio
dentro de uma grande revolução

que muda a história dos mundos,
que cria a história da gente,
que nomeia os rumos dos homens,
que produz os nomes das mulheres,
que te ilumina celeste-uruguaia.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...