sexta-feira, 15 de maio de 2015

Carta






















Dançar contigo
seja comigo quem for
é um passo a frente
da vida que deixo atrás
sem rastro que me persiga
sem resto que resista
ao futuro de nossas vidas.

Dançar contigo
seja a dança que for
é um abraço entorno
do corpo que deixo envolto
por sensações que me curam
por sentimentos que duram
pelo futuro que o tempo apura.

E na confissão da letra
que ondula voz e língua
um gemido bate na corda do violão
um olhar persiste nas mãos do cantor
um contorno fica na partitura do corpo

até que no ritmo de penas e ancas
nos encontramos no movimento
de nossa orquestra, fazendo música
na linha vertical do poema quase sexo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...